Casamentos Natal - RN

Casamento Arianne & Yves

As artes advém de tempos longínquos da humanidade, podendo ser consideradas as primeiras expressões artísticas os desenhos rupestres feitos pelos nossos antepassados da pré-história. Diversas podem ser essas manifestações, com suas muitas diferenças e com uma certeza, a transmissão da emoção. Em uma dessas, a novela ou filme, temos um roteiro pré-definido no qual cada personagem assume um papel importante na trama, tendo alguns mais destaques do que outros, essa que evolui com um clímax e termina com um desfecho. 

Realizando um comparativo com as nossas vidas, poderíamos até dizer que vivemos em um filme ou novela, porém sem roteiros ou atores pré-escalados. Na verdade, esse elenco vai sendo composto através dos anos; as histórias vão sendo escritas a partir das nossas vivências e experiências; o clímax na verdade não é um s[o, são vários e o desfecho, nós ainda não temos o dom de saber qual será ao final.

Ari e Yves, o filme/novela da vida de vocês foi escrito de uma maneira que certamente nenhum de vocês imaginaria. Quem diria, que uma jovem menina no auge dos seus 15 anos estaria frente a frente com o homem da sua vida? Vocês experimentaram vários clímax ao longo dessa história, vários personagens apareceram, ficando alguns até hoje, outros apenas de passagem. Arianne com sua solidez, sua maturidade, sua necessidade em ajudar o próximo. Yves com um dom que é de poucos, arrancar sorrisos das pessoas de forma natural, você é um ser iluminado, um artista que Deus coloca  na vida das pessoas. Cada um com suas características, mas com algo em comum, a vontade de servir a Deus e ao próximo, e isso os uniu.

Hoje vivemos mais um clímax na história de vocês, talvez o maior até agora. E quanta honra de poder estar ali, vendo tudo, registrando tudo. Isso é um presente! Gratidão por ter vocês na minha caminhada! O amor de vocês me inspira! Que Deus os abençoe grandemente no continuo dessa longa história!

Beijos nos corações!



Vítor Toscano

Lucas Castro

Jardel Nascimento

Binho