Gestantes Genipabu

À espera de Teodoro

O homem do campo ao longo da sua experiência sempre sabe o momento certo em que deve preparar a terra, semear e colher. São esses, aprendizados adquiridos ao longo do tempo e que o fazem ter o domínio de sua lavoura. Contudo, nem sempre os planejamentos ocorrem como se deseja, pois existem agentes externos como o clima, as chuvas, o sol, o vento, que podem por abaixo tudo o que foi plantado.

Nas nossas vidas enquanto marido e mulher, se compararmos à vida do homem do campo, temos o momento em que preparamos a nossa terra (quando como um casal decidimos que é chegado o momento de aumentar a família), semeamos (vem nesse momento a concepção da gravidez) e enfim, a colheita (a chegada tão esperada do filho). E as interferências externas, seriam quais? Os desígnios de Deus, que por muitas vezes acontecem e nos trazem ensinamentos valiosos, além do amadurecimento e fortalecimento da alma.

Crys e Edson, é chegado o tempo da colheita e Deus abençoou enormemente essa gestação, basta agora o tempo para ter, daqui a pouco, o pequeno Teo nos braços vocês. Aproveitem, desfrutem e amem a família que vocês irão ser a partir de agora, pois isso é mágico. Que Deus abençoe vocês,  trazendo sempre mita saúde. 


Beijos nos corações!!!



Vítor Toscano

Ayrton Pessoa

Monir Patrese

Tags

genipabu rio grande do norte gestante